Olho Marinho

e-Balcão

Canais

A Bandeira e o Brasão







Ordenação heráldica do brasão, bandeira e selo branco da Freguesia de Olho Marinho, Município de Óbidos.

Brasão
Escudo de negro, gamo de ouro passante, entre três besantes de prata, carregado cada um de três faixetas ondadas de azul (fontes) e acompanhada em chefe de um escudete de azul besante e debruado de prata posto entre dois crescentes do mesmo metal. Coroa mural de três torres de prata. Listel branco, com a legenda a negro, em maiúsculas: «Olho Marinho - Óbidos»;

Bandeira
Amarelo. Cordão e borlas de ouro e negro. Haste e lança de Ouro;

Selo Branco 
Circular, com as peças do escuso sem indicações de cores e metais, tudo envolvido por dois círculos concêntricos, onde corre a legenda Junta de Freguesia de Olho Marinho - Óbidos.

Parecer emitido pela Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses, nos termos da Lei n.º 53/91, de 7 de Agosto.

A data deste Parecer deverá constar na publicação do Diário da Républica.
Lisboa, 14 de Agosto de 1994

Explicação
De negro - cor heráldica, que representa a terra, rocha, onde brotam os olhos de água, no fundo sinónimo de riqueza e prosperidade; os besantes ondeados de azul (três) representam, em heráldica, as fontes que, neste caso, são as Nascentes/Olhos de Água.

Gamo
Animal da família dos veados, timbre das armas dos Gamas, em alusão ao brasão da família de Estevão Ferreira da Gama. O gamo representa também a caça grossa que existia há séculos nesta zona, tão da preferência da Corte para as suas caçadas

As restantes peças, são parte das armas de Óbidos.